Quem somos - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Fraternidade Santo Antônio do Valongo

CASA FILIAL DO CONVENTO SÃO FRANCISCO – SP

Largo Marquês de Monte Alegre, 13 – Centro
CEP. 11010-260
Tel. (13) 3219-1481 /3235-7360
E-mail: ssavalongo@uol.com.br
Facebook: https://goo.gl/2VwK0K

Diocese de Santos

A FRATERNIDADE
Frei João Pereira Lopes: coordenador fraterno, pároco, reitor do santuário, animador do SAV local e ecônomo
Frei Valdevino Negherbon: a serviço evangelização
Frei Hipólito Martendal: vigário paroquial

PADROEIRO

Santo Antônio

EXPEDIENTE:

Secretaria paroquial:

De terça a sábado, das 9h às 13h e 14h às 18h

Missas:

Terça-feira: 12h, 15h e 19h
Quarta, quinta e sexta-feira: 12h
Domingo: 8h e 19h
Última quinta-feira do mês: 15h – Missa em honra a Frei Galvão com distribuição de pílulas
1ª sexta-feira do mês: 15h – Missa em honra ao Sagrado Coração de Jesus

Confissões:

Terça a sexta: das 9h às 11h30 e 14h30 às 17h30

História

Fundado em 25 de janeiro de 1640, por Frei Manoel de Santa Maria, o Convento de Santo Antônio do Valongo da Ordem dos Franciscanos teve o início de sua construção em 1º de junho de 1641. No dia 20 de outubro do mesmo ano fundou-se a Ordem Terceira de São Francisco, que veio a ter influência marcante na permanência dos Franciscanos no local. Em 1689 foi construída a capela da Ordem Terceira com arco aberto para a capela conventual.

No Século XVIII todo o conjunto arquitetônico destacou-se como um dos maiores e mais bonitos de toda a Província Franciscana no Brasil.

Por sua localização e tamanho, o Convento de Santo Antônio do Valongo escreveu parte da história da Igreja e da cidade. Foi sob seu teto que o primeiro bispo de Santos, Dom Bernardo Rodrigues Nogueira, organizou os primeiros passos da Diocese de São Paulo, que abrangia toda a região Sul do Brasil. Também ali foi acolhido por alguns dias o monsenhor João Mastai Ferretti, que a caminho do Chile ancorou no porto para reparos de sua nau. Anos mais tarde, Dom João foi eleito Papa, assumindo o nome de Pio IX (1846-1878). Em 1543 o Convento sediou a Santa Casa de Misericórdia, primeira instituição hospitalar das Américas.

No ano de 1859 uma série de contratempos acabaram por inscrever o Convento de Santo Antônio do Valongo como local de milagres no imaginário popular. Sob o guardianato de Frei Miguel de Santa Rita, eleito em 1859, a residência franciscana foi comprada pela Companhia São Paulo Railway. Era interesse do Barão de Mauá construir ali uma estação de trem da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. João Luiz Promessa, em “Reminiscências de Santos”, conta que quando a “Inglesa” quis remover a imagem seiscentista de Santo Antônio para se apoderar da Igreja, não houve força humana capaz de fazê-lo. O fenômeno considerado como milagre obrigou os engenheiros a abandonarem seus projetos. Os fiéis reagiram ao atentado à imagem e munido de paus, ferramentas e armas impediram a demolição do templo. Interviram junto a D. Pedro II e por intercessão do Visconde de Embaré (Antônio Ferreira Júnior) a igreja foi salva.

De 1855 a 1906 funcionou no Convento a Escola de Meninas do Valongo, fundada por Mariana Amberguer e Maria Gertrudes Mayer. Mas foi somente em 1922 que os frades retornaram ao Valongo, quando frei Paulo Luig assumiu como guardião. Em agosto deste ano, a Arquidiocese de São Paulo criou a Paróquia de Santo Antônio do Valongo, abrangendo boa parte da cidade, do interior, e da Ilha de Santo Amaro, atual Guarujá, e da Região de Cubatão.

Em 1987, Dom David Picão, por decreto, transformou a Matriz do Valongo em Santuário. Recentemente, o Santuário do Valongo enfrentou novos embates para garantir a manutenção do seu patrimônio histórico, que já sofreu muito nestes seus 360 anos de existência.

Com o duplo tombamento, CONDEPASA (Municipal), CONDEPHAAT (Estadual), cumpriu-se o acordo feito com a Promotoria Pública e assinado pelo senhor Prefeito, minimizando-se o problema crônico do tráfego pesado de caminhões que abalava toda a estrutura do Patrimônio Histórico. Essa vitória foi conquistada através das campanhas de denúncia e conscientização, veiculadas pelos meios de comunicação e por um abaixo-assinado de dezesseis mil assinaturas, que foi entregue ao prefeito no dia 13 de junho de 1996, festa de Santo Antônio.

Esta manifestação mostrou que a comunidade santista ama este Santuário e não quer vê-lo em ruínas, como os casarões a sua frente que outrora abrigaram a Prefeitura, a Câmara Municipal e um belo e luxuoso Hotel.

O Valongo ficou esquecido nos últimos anos. O Santuário do Valongo está mudando a sua realidade para que possa transformar o bairro do Valongo, a fim de que ele volte a ser bonito e parte essencial da história de Santos como era antes.

Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
udemy course download free
download redmi firmware
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free